Publicidade
Publicidade

Sargento PM da reserva vence competição de judô na Bahia

Compartilhe este Post

No último sábado (11), a Federação Baiana de Judô (FEBAJU) realizou a primeira Super Etapa do Tour do Judô do calendário de 2023, na Arena de Esportes da Bahia, em Lauro de Freitas. Feira de Santana esteve no lugar mais alto do pódio com o militar faixa preta 4º DAN, Jorge Luiz, que é sargento da reserva remunerada e faz parte do Programa Convoca da PMBA (SGT PM RR/C).

Jorge Luiz (ao centro na foto) sagrou-se campeão da Super Etapa do Tour do Judô na categoria master veterano C, até 81 kg, uma categoria criada pela Federação Internacional de Judô (FIJ). O atleta representa a academia ASSAMACA (Associação de Artes Marciais de Cruz das Almas), que é uma rede de academias espalhadas por onze cidades da Bahia, com sede também em Feira de Santana.

Em entrevista a reportagem do programa Geral Fight, o atleta e militar Jorge Luiz contou sobre a conquista. “Estou muito feliz com essa conquista, marco importante para minha academia e também para a Polícia Militar. Hoje essa categoria master já vem se desenvolvendo há vários anos, inclusive a própria Confederação Brasileira de Judô (CBJ) está dando muita ênfase nas disputas desta categoria. Lutei em um peso que vai até 81kg, não tem categoria de graduação, então você pode enfrentar atletas da faixa branca a preta 10º DAN. E graças a Deus conseguimos um excelente resultado”, disse.

Antes da conquista da etapa do Baiano, o judoca Jorge Luiz já havia disputado o Campeonato Baiano Open, no mês passado, garantindo para Feira de Santana, a terceira melhor colocação. “Foi uma competição muito forte por ser Open (aberto) o evento pode contar com atletas da Bahia e de outros estados. Fiquei em terceiro lugar disputando com atletas da seleção baiana, seleção brasileira e paulista, competição muito forte. Então um terceiro lugar em um certame desse nível é algo muito importante”, afirmou. 

Jorge Luiz também ressaltou o sentimento de representar a Polícia Militar, em especial o 1º BEIC (Batalhão de Ensino, Instrução e Capacitação). “É uma grande satisfação representar minha corporação, que também nos abre as portas a vários locais de treinamentos por sermos militar. Estou prestes a ser convocado para fazer parte da comissão técnica da seleção baiana, então são muitas situações que dentro do contexto de ser militar nos ajuda muito. E o BEIC tem um papel fundamental em tudo isso, porque é na unidade que realizamos os treinamentos esportivos. Sou grato pelo apoio do comando e sub-comando do 1°BEIC, bem como o carinho e a torcida dos demais colegas. Enfim é uma grata satisfação”. 

Como em todas as modalidades esportivas de combate, os atletas de judô também vivem a dura realidade da falta de patrocínio para disputar as competições. “Feira de Santana a um tempo atrás despontava muito no judô, contudo hoje temos como competidores muito poucos atletas, principalmente pela falta de patrocínio. O judô ficou na condição de meio elitizado, ou seja, a prática do esporte acabou se tornando caro, para se ter uma ideia o quimono é caro, bem como o treinamento. Então temos varias dificuldade para participarmos de competições. No próximo mês estarei participando de mais uma etapa do Baiano, que no contexto serão onze etapas, então os custos com viagens, alimentação, inscrição, acabam sendo muito altos e sem patrocínio se torna muito difícil. E por conta disso, vários atletas de elite, competidores que poderiam estar participando do ranking nacional, esse pessoal faz a opção de não competir”, disse.

Contudo, apesar de todas as dificuldades na questão de patrocínio, na questão técnica da modalidade, o judoca tem muito o que comemorar. “No ano passado fui o sétimo melhor judoca master do Brasil e na Bahia fiquei com a segunda colocação geral. Esse ano já tivemos um terceiro lugar no Open e um primeiro lugar na etapa do Baiano. E tenho certeza que outras conquistas virão mediante a muito trabalho e dedicação”, finalizou.

Fonte – Programa Geral Fight

Foto – Divulgação

Publicidade
Publicidade
Publicidade

Posts Relacionados

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *