Publicidade
Publicidade

De saída do Flu, Givanildo prefere não apontar culpados

Compartilhe este Post



O treinador Givanildo Sales preferiu não apontar culpados pelo insucesso diante do Galícia que culminou com a sua saída do Fluminense de Feira, faltando uma rodada para o encerramento fase classificatória do Campeonato Baiano da 2ª divisão. O tricolor feirense é o quinto colocado com 13 pontos e na última rodada precisa vencer o Jacobina fora de casa para alcançar a classificação para a fase semifinal da competição.
Givanildo Sales disse que saiu chateado por não ter cumprido o objetivo de colocar o clube na Série A. “Não foi falta de trabalho, não foi falta de empenho porque tudo o que poderia ser feito, feito. Mas o futebol tem destas coisas. Espero que o novo comandante tenha mais sorte e o Fluminense possa alcançar seus objetivos porque é um clube grande, de uma cidade excelente e que não pode permanecer na 2ª divisão”, afirmou.
O treinador preferiu não buscar justificativas para o desempenho da equipe nos últimos jogos, principalmente quando não balançou as redes adversárias. “Quem acompanhou sabe que desde o nosso terceiro jogo venho alternando a escalação do ataque na busca de encontrar as peças certas, mas infelizmente não consegui. Seria fácil apontar culpados, mas eu não tenho este perfil não. Quero dizer que apesar desta situação, o Fluminense está na briga: tem 13 pontos e os outros que estão no G-4, fora o Jequié, estão com 14, ou seja, tá tudo aberto. Tem gente que ‘jogou a toalha’, mas os atletas não podem pensar assim e devem ir para Jacobina imbuídos de ganhar e classificar o time”, declarou.
Quanto ao futuro, Givanildo Sales não tem nada definido. “Por enquanto estou regressando a Recife/PE e vou aguardar os próximos dias. Mas de onde eu estiver vou torcer para o Fluminense se classificar e quem sabe um dia eu volte aqui para fazer um novo trabalho”, observou.


Por Cristiano Alves com informações de Miro Nascimento

Foto – Rafael Falcão/Ascom Fluminense de Feira

Publicidade
Publicidade
Publicidade

Posts Relacionados

Uma resposta

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *