Publicidade
Publicidade

Diretoria do Flu confirma Paulo, no lugar de Givanildo Sales

Compartilhe este Post

Menos de 24 horas após a confirmação oficial da saída do treinador Givanildo Sales, a diretoria do Fluminense confirmou a volta de Paulo Salles ao comando da equipe. Esta será a segunda passagem do profissional na equipe: em 2015, ele esteve à frente da equipe na 2ª divisão daquele ano, quando o tricolor feirense se sagrou vice-campeão e retornou à elite estadual em 20216.

No ano passado, Paulo Salles foi o primeiro profissional contactado pelos dirigentes tricolores para comandar a equipe na 2ª divisão, mas por questões pessoais, ele preferiu treinar o Jequié. Este ano, ele esteve comandando o Jacobinense e o Barcelona de Ilhéus na primeira divisão estadual e na Segundona estava comandando o Galícia há três rodadas, substituindo o então treinador Carlos Rabello. A ideia era tentar levar o time Granadeiro para a fase semifinal da competição, mas com um empate, uma derrota e uma vitória, as chances matemáticas acabaram.

O profissional então, após um acordo confirmou a sua vinda para o Fluminense, onde tem a missão de ganhar o Jacobina fora de casa, na última rodada, e se classificar para a fase semifinal do Campeonato Baiano da 2ª divisão. No momento, o Fluminense é o quinto colocado na classificação com 13 pontos, contra 14 do Jacobina, que ocupa a segunda colocação.

Paulo Salles ganhou o apelido de “Rei do Acesso” por ter conquistado essa façanha em cinco oportunidades no Campeonato Baiano. Ele conseguiu subir para a elite do futebol as seguintes equipes: Madre de Deus (2008), Juazeirense (2011), Jacobina (2014), Fluminense de Feira (2015) e Jequié (2017). Paulo Sales ainda foi o responsável por ter colocado Hercílio Luz na primeira divisão do Campeonato Catarinense, em 2018.

Por Cristiano Alves

Foto – TVE

Publicidade
Publicidade
Publicidade

Posts Relacionados

Uma resposta

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *