Publicidade
Publicidade

Givanildo quer time guerreiro e competitivo para voltara elite baiana

Compartilhe este Post

Pela segunda vez em 32 anos de carreira, Givanildo Sales treinará uma equipe no futebol baiano. Comandar o Fluminense na Segundona baiana foi um projeto que seduziu o treinador, que busca fazer história ao encarar este novo desafio, após ter levado o Lagarto à fase semifinal do Campeonato Sergipano. Com pouco tempo de preparação para a estreia, o comandante quer uma equipe guerreira e competitiva para conquistar o objetivo de retornar a elite baiana.

Givanildo Sales encara como mais um grande desafio em sua carreira comandar o Fluminense de Feira. “Tinha outras duas propostas, inclusive uma da Série D, mas declinei por acreditar no projeto que me foi apresentado pelo Rodrigo (Góis) com quem trabalhei na Juazeirense e pelo presidente Zé Chico. Estou motivado para encarar este desafio e logicamente fazer com que o clube volte a ser destaque no cenário baiano”, afirmou.

O tempo de trabalho até o começo da Série B é curto, mas o treinador buscará compensar esta situação de outras formas. “A gente está montando um grupo com atletas que estavam jogando, ou seja, não há muito tempo para se fazer todos os processos. Por isso estamos trazendo atletas de qualidade, atletas que vinham jogando e que neste tempo que teremos até a nossa estreia possam aprimorar o físico e o técnico”, disse.

O perfil do time que o treinador imagina é de uma equipe competitiva. “Teremos uma 2ª divisão com cara de 1ª e por isso o time que estamos montando será brigador, um time que vai buscar as vitórias custe o que custar. Fiz questão de conversar com os dirigentes que quero aqui um time de 22 titulares, ou seja qualquer que foi escalado vai cumprir aquilo que desejamos em termos técnicos e táticos”, declarou Givanildo Sales.

Além do meio-campista Clebson, no decorrer da semana outros nomes serão anunciados pela diretoria e deverão se apresentar junto com o treinador na próxima semana. “A torcida pode esperar um time guerreiro, um time que vai lutar com ‘unhas e dentes’ para alcançar o objetivo de voltar a elite baiana. Sei que o clube tem uma torcida apaixonada, vibrante e merece esta grande alegria que esperamos proporcionar ao final da competição”, destacou Givanildo Sales.

Por Cristiano Alves com informações de Miro Nascimento

Foto – Globo Esporte

Publicidade
Publicidade
Publicidade

Posts Relacionados

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *