Publicidade
Publicidade

Com Valfredão barrado Jacuipense aponta Joia ou Arena Cajueiro como opções de mando de campo

Compartilhe este Post

Mais uma vez, o Estádio Eliel Martins (Valfredão) em Riachão do Jacuípe apresentou pendências e o Jacuipense corre o risco de não jogar em seu mando de campo no Campeonato Baiano e a situação pode também comprometer o mando de campo do Leão Grená nos jogos da Série C do Campeonato Brasileiro. O presidente do Conselho Deliberativo do clube, Felipe Salles (foto) já cogita a Arena Cajueiro, ou mesmo o Joia da Princesa como “casa”, se por ventura a situação não for revertida.

O detalhe é que a prefeitura de Riachão do Jacuípe não entregou os laudos técnicos do estádio à Federação Bahiana de Futebol (FBF). Felipe Sales, acusa o prefeito da cidade Zé Filho (PSD) de perseguição ao clube e fundamenta a sua tese apontando outras situações anteriores que deixaram a equipe em situação difícil. “Todos os anos temos problemas aqui e isso acontece porque o diálogo com o prefeito é muito complicado. Não dá para entender a real prioridade, pois não se tem dinheiro para reformar o estádio, porém quatro praças na cidade estão sendo reformadas. Se houvesse mais vontade por parte dele, com certeza a situação não estaria assim. Se me perguntar o que eu acho, acho que tudo é possível de acontecer. Basta ele querer. Se ele quiser fazer a reforma do estádio, a gente joga. Aí é da vontade dele”, declarou.

Quanto a possíveis alternativas para mandar seus jogos caso não seja revertida a situação, o dirigente do Jacuipense aponta Feira de Santana como a opção mais viável por possuir dois estádios: o Joia da Princesa e a Arena Cajueiro. “É o local mais próximo onde a nossa torcida pode nos apoiar. Além disso temos boa relação tanto com a Prefeitura de Feira de Santana, como o pessoal do Bahia de Feira. Não conversei com ninguém ainda até porque acredito que este quadro pode mudar, Espero que o prefeito tenha bom senso e faça o que for necessário para que o Valfredão esteja em condições de jogo logo”, disse Felipe Salles.

A FBF está em recesso para as festas de fim de ano e só retorna às atividades no próximo dia 6 de janeiro. O Baianão está marcado para começar no dia 15 do mesmo mês. O primeiro jogo do Jacuipense, como mandante, está previsto para o dia 19, contra o Bahia de Feira, pela segunda rodada do estadual.

Foto – Calila Notícias

Publicidade
Publicidade
Publicidade

Posts Relacionados

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *