Publicidade
Publicidade

Após derrota Paiva defende escalação do Bahia: “Não associo a exibição às mudanças”

Compartilhe este Post

Depois de vitórias em sequência no Campeonato Brasileiro, o Bahia foi derrotado pelo Santos por 3 a 0, na Vila Belmiro, em encontro na noite desta quarta-feira. A partida válida pela 5ª rodada da competição nacional ficou marcada por uma atuação ruim do Tricolor e também por uma escalação alternativa de Renato Paiva.

Além de lidar com os desfalques de Jacaré (suspenso) e Everaldo (lesionado), o treinador também poupou Cauly e Rezende. O onze inicial do Bahia teve a estreia de Vitor Hugo, Cicinho na ala direita e o ataque formado por Biel, Ademir e Arthur Sales. Durante a entrevista pós-jogo ele explicou as mudanças.

– Duas mudanças tinham que ser. Acréscimo do Nico, que costuma ser titular da equipe. Depois, refrescar o corredor esquerdo, zona que exige muito. E o Vitor Hugo teve estreia, Rezende poupado, teve lesão há um tempo. Carregado com os jogos. Portanto, mudança que tínhamos que fazer. Sábado vamos jogar outra vez. Fizemos hoje porque tinha que ser feito. Não associo a exibição às mudanças porque o jogo foi mal, nós não estivemos em campo pura e simplesmente – disse o treinador.

Ao avaliar o jogo, Renato Paiva reconheceu que o time foi inferior ao Santos e classificou a exibição como a “pior” do Bahia no Campeonato Brasileiro.

– Já tivemos derrotas que estivemos melhores e fomos competitivos, hoje entramos mal no jogo. Primeiros segundos vi logo como os jogadores abordaram intensidade e concentração no jogo. Não me surpreendeu que aos quatro minutos fizeram o gol, claramente questão de concentração, de foco. O Santos está de parabéns, aproveitou muito bem, esteve no jogo, intenso, forte, jogou na sua casa. Não defendemos bem, não atacamos bem, não construímos bem, não criamos bem. Pressionamos bem algumas vezes e obrigamos o adversário a errar. E mesmo, na parte ofensiva, não criando, não construindo, temos um número de finalizações significativo e em condições de fazer o gol, mas não fizemos os gols – avaliou o treinador.

O Bahia volta a campo neste sábado, quando recebe o Flamengo, na Arena Fonte Nova, pela 6ª rodada da Série A. A bola rola às 16h (de Brasília). A partida foi projetada por Renato Paiva, que convocou o torcedor para ajudar o Bahia a se recuperar na competição.

Fonte – Globo Esporte

Foto – EC Bahia / Divulgação

Publicidade
Publicidade
Publicidade

Posts Relacionados

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *