Publicidade
Publicidade

Sem vencer há sete jogos, Corinthians perde pro CSA e tá fora do G-6

Compartilhe este Post

Com o estádio Rei Pelé lotado, o CSA conquistou nesta quarta-feira uma importante vitória diante do Corinthians, por 2 a 1.

Na reta final do primeiro tempo, o jovem meia-atacante do Corinthians marcou um belo gol em chute de dentro da área, empatando o confronto depois de um primeiro tempo apático do Timão. Antes da bola rolar, havia sido homenageado pelo ex-clube. A bola rodou muito nos pés dos defensores Gil, Manoel, Danilo Avelar e Fagner. O CSA, por sua vez, foi avançando no campo de ataque na medida em que o rival se fechava atrás e mostrava pouca intensidade. Aos 24 minutos, Apodi abriu o placar após ganhar de Fagner e bater no canto direito de Cássio. Jogada que começou em falha de Sornoza ao tentar lançamento da defesa para o meio-campo. Assim, a etapa inicial terminou em 1 a 1.

Ricardo Bueno precisou de 34 minutos para dar alegria à torcida do CSA presente no Rei Pelé. Se CSA e Corinthians protagonizavam um segundo tempo morno até então, o camisa 9 apareceu sozinho na área para aproveitar cobrança de escanteio de Celsinho e mandar no canto direito de Cássio, que se esticou, mas não conseguiu fazer a defesa. O Timão havia esboçado uma melhora de desempenho nos primeiros minutos, com a entrada de Mateus Vital no lugar de Sornoza. Junto com Vital, Clayson e Pedrinho tentaram puxar o time para o campo de ataque, mas não tiveram sucesso na missão de buscar a vitória.

A vitória faz o CSA vislumbrar uma saída da zona de rebaixamento. O time comandado pelo técnico Argel Fucks ficou a apenas um ponto do Fluminense, primeiro clube fora da zona de degola, com 30 pontos. Quatro pontos separam o Azulão do Ceará. O próximo desafio é contra o Athletico-PR na Arena da Baixada, em Curitiba.

Sem vencer há sete jogos, o Corinthians saiu do G-6 do Campeonao Brasileiro com a derrota em Maceió. Com 45 pontos, o Timão é o sétimo colocado e pode ver o Internacional, que tem 46, abrir distância nesta quinta-feira, caso vença o Athletico-PR no Beira-Rio, em Porto Alegre. O próximo desafio é contra o Flamengo, neste domingo, no Maracanã, e a pressão está cada vez maior em cima do técnico Fábio Carille.

Informações Globo Esporte

Publicidade
Publicidade
Publicidade

Posts Relacionados

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *