Publicidade
Publicidade

Ex-presidente do Flu de Feira faleceu na cidade de Barreiras

Compartilhe este Post

O ex-presidente do Fluminense de Feira, Humberto Ferreira de Magalhães, o Betinho, morreu na tarde de ontem (14), aos 87 anos,  na cidade de Barreiras, onde estava residindo há pouco mais de 35 anos. Ele tem uma ligação histórica com o desporto feirense: natural de Feira de Santana, Betinho sempre foi ligado ao esporte, onde dentro de campo atuou como jogador e fora dele como dirigente. De acordo com a amiga dele, Dinorah Campos, considerada como uma das “torcedoras-símbolo” do Fluminense de Feira, a história dele começou no futebol amador, quando jogou no Botafogo comandado por Manoel Fausto dos Santos (Manoel de Emília). “Ele era um meio-campista muito habilidoso e foi descoberto por seu Manoel que o levou para o Botafogo, onde jogou com destaque. Também chegou a jogar no Fluminense e posteriormente veio a ser presidente do clube, nos anos 70”, lembra.

Ele também ligação com a comunicação, mais especificamente com o jornal Folha do Norte.

“Betinho começou trabalhando como encadernador, onde já estava seu pai Arlindo Ferreira, que ele sempre faz questão de lembrar, assim como da grande amizade que sempre manteve com Dálvaro e Raul Silva, diretores do jornal Folha do Norte e os irmãos Hugo, Antônio e José Navarro”, disse a amiga.

Já na década de 80, Betinho se mudou com a sua família para a cidade de Barreiras, no oeste baiano onde “fincou raízes”. Naquela cidade também teve atuação na vida pública como chefe do setor de Habitação do Município e na 10ª Ciretran, onde trabalhou até se aposentar. Seu filho, Humberto Júnior, é o atual subdiretor da Secretaria de Cultura e Turismo.Com sua partida, deixa enlutados sua viúva Ildete Lima Ferreira, os filhos Hildeberto, Magali, Arlindo, Cintia e Humberto Júnior, também os 9 netos, 7 bisnetos e 2 tataranetos, além de noras, genros, demais familiares e amigos.

HOMENAGENS

Betinho foi homenageado pela prefeitura de Barreiras que emitiu uma nota se solidarizando com amigos e familiares pelo seu passamento. O Fluminense de Feira também emitiu uma nota. Confira:

“É com grande pesar que anunciamos o falecimento do Senhor Humberto Magalhães Ferreira (Betinho). O Fluminense de Feira solidariza a família neste momento de tristeza. Natural de Feira de Santana, morava em Barreiras, onde será sepultado. Na década de 1970, foi presidente do Fluminense, com uma administração produtiva e muito elogiada”.

A causa não foi informada pela família. O velório aconteceu em Barreiras, onde o corpo será sepultado no dia de hoje

Por Cristiano Alves

Foto – Divulgação

Publicidade
Publicidade
Publicidade

Posts Relacionados

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *