Publicidade
Publicidade

Operário-MT perde patrocínios e desiste da contratação do goleiro Bruno

Compartilhe este Post

O Operário Várzea Grandense desistiu da contratação de Bruno  (foto)   após perda de patrocínios com empresas que já tinham contrato e repercussões negativas nos últimos dias sobre o acordo entre o time e o goleiro. A informação oficial foi divulgada pelo Clube com nota assinada e direcionada à imprensa na tarde de ontem (22). Anteriormente, ele esteve negociando para vir jogar no Fluminense de Feira, que também desistiu da sua contratação.

O processo de negociação do atleta com o time havia começado há 20 dias e já tinha acordo fechado entre as partes. A contratação já tinha liberação da justiça de Minas Gerais, com pedido do Ministério Público. 

O Operário Várzea Grandense havia comunicado a possibilidade de fazer o transporte do jogador através de voo particular para o Mato Grosso. Atualmente, Bruno cumpre pena em regime semiaberto domiciliar na cidade de Varginha, em Minas Gerais.

De acordo com o GloboEsporte.com, torcedores do time, integrantes do Conselho de Direitos da Mulher de Mato Grosso e outras pessoas que não concordavam com a contratação fizeram uma manifestação em frente ao estádio durante estreia do time no Campeonato Mato-Grossense. A equipe jogou a partida na última terça-feira (21), no Dito Souza, contra o Poconé e venceu por 1 a 0. 

A prisão de Bruno ocorreu em setembro de 2010 e a condenação por homicídio triplamente qualificado saiu em março de 2013. As penas resultam em 20 anos e 9 meses pela morte da sua ex-namorada, Eliza Samudio, e pelo sequestro e cárcere privado do filho.

Foto: Ricardo Benichio/Folhapress

Publicidade
Publicidade
Publicidade

Posts Relacionados

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *