Publicidade
Publicidade

Tremendão chega aos 83 anos buscando se consolidar no cenário nacional

Compartilhe este Post

O Bahia de Feira comemora hoje 83 anos de existência, com uma mudança profunda de gestão, que levaram a equipe a um caminho de glorias e a um desenvolvimento estrutural que coloca a equipe hoje como uma das emergentes no futebol nacional e a prova disso é que atualmente o seu presidente executivo, Jodilton Souza é membro integrante da Comissão Nacional de Clubes, que discute junto a Confederação Brasileira de Futebol (CBF), as ações e diretrizes do futebol nacional.

Jodilton Souza, lembra do início da sua trajetória à frente do Tremendão, quando em 2009 comprou 75% das ações do clube. Segundo ele, algumas dificuldades foram gritantes quando o Grupo Nobre assumiu a direção do clube.“Tivemos duas dificuldades. A primeira é que dificilmente você monta uma equipe e consegue êxito. A segunda foi o investimento muito alto. Mas deu tudo certo, conseguimos com muito esforço construir esse clube que está despontando no cenário do futebol do estado”, citou.

Em pouco mais de 10 anos de nova administração, o Bahia de Feira foi campeão baiano da 2ª divisão em 2009; no ano seguinte chegou entre os semifinalista do Baiano da 1ª divisão; em 2011, conquistou o Torneio-Início e o inédito título estadual. Em 2012 participou da Copa do Brasil, eliminando o Aquidauanense/MS e depois encarou o São Paulo em duas partidas, sendo que o Joia da Princesa registrou um dos maiores públicos da sua história. Já em 2013, ganhou a Copa Governador do Estado e um novo ingresso na Copa do Brasil de 2014, quando enfrentou o Corinthians.

Entre 2014 e 2019, houve um hiato quando os dirigentes buscaram investir na estrutura e o Bahia de Feira hoje conta com Centro de Treinamentos e um estádio próprio – a Arena Cajueiro – que a equipe entrar para a história do esporte, como sendo a única agremiação do interior a ter sua própria praça esportiva. Em campo, o Tremendão voltou a ter destaque no ano passado, quando mais uma vez disputou o título estadual diante do Bahia ficando com o vice-campeonato.

De acordo com o presidente do Conselho Deliberativo do clube, Thiago Souza, é notório o crescimento clube desde o período em que o Grupo Nobre está à frente da gestão. Segundo ele, o desejo principal é tornar o Bahia de Feira referência no futebol brasileiro.“Estamos à frente do Bahia de Feira desde 2009. É notório o crescimento do Bahia de Feira a nível de torcida e de resultados. No futebol, o importante é o resultado, é a paixão que move o torcedor. Nossa vontade é colocar o Bahia de Feira sempre em alta no cenário do futebol nacional”, disse.

Publicidade
Publicidade
Publicidade

Posts Relacionados

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *