Publicidade
Publicidade

Ex-jogador de futsal de Fla, Botafogo e Vasco morre com suspeita de coronavírus

Compartilhe este Post

O ex-jogador de futsal Alex Barbosa Pereira, conhecido como Leco, morreu no último sábado, aos 45 anos, no Rio de Janeiro. Ele estava internado desde o último dia 14, no Hospital Estadual Anchieta, com suspeita de infecção pelo novo coronavírus. O comentarista do “SporTV”, Marcelo Rodrigues, que era amigo próximo da vítima, confirmou que um teste para COVID-19 deu positivo.

A diretoria do hospital informou que o quadro clínico de Leco se agravou durante a internação. O ex-atleta, que passou por Flamengo, Botafogo, Vasco e Macaé, estava sob cuidados médicos na UTI desde o dia 18.

O Flamengo, clube que Leco defendeu entre 1998 e 2008, se manifestou.

“É com profunda tristeza que comunicamos o falecimento do nosso ex-jogador de futsal Alex Barbosa Pereira, o Leco, campeão carioca adulto com o Manto Sagrado (1998 e 2008). Muita força aos familiares e amigos. Nossos sentimentos. Obrigado por tudo, Leco”, disse o Rubro-Negro, em nota.

A Federação de Futebol de Salão do Estado do Rio de Janeiro também expressou seu luto pela morte do ex-jogador.

“Com grande tristeza comunicamos o falecimento do salonista LECO. Atleta da década de 90, se destacou por equipes como Flamengo, Botafogo, Vasco e Macaé Futsal, onde atuou por vários anos no futebol carioca e com grandes atuações pela Liga Nacional. LECO estava internado e neste sábado (02/05), aos 44 anos, infelizmente nos deixou. Descanse em paz, que DEUS o receba de braços abertos. A Federação e toda diretoria e corpo de funcionários expressa seus mais profundos sentimentos a família e amigos, neste momento de dor”, publicou a entidade.

Fonte: Terra | Foto: Portal SBN

Publicidade
Publicidade
Publicidade

Posts Relacionados

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *