Publicidade
Publicidade

Polêmica: F1 pode banir o uso do DRS das classificações

Compartilhe este Post

A Fórmula 1 acompanha atenta o momento vivido com o domínio absoluto da Red Bull na temporada 2023. E visando cortar a vantagem da equipe em cima dos demais, a direção da F1 considera abolir o uso do DRS nas classificações e a ideia está tomando corpo. O DRS é visto no paddock como um dos grandes trunfos na performance da Red Bull em 2023, ajudando a impulsionar ainda mais sua velocidade de reta, por mais que o time austríaco defenda que não há nada de especial na asa móvel utilizada neste ano.

RB19 de Verstappen, líder absoluto do campeonato – Foto: Motorsport

A expectativa é que a proibição no uso do DRS na classificação equilibre a situação aos sábados. Em 2023, mesmo a Red Bull não possui 100% de aproveitamento nos qualificatórios, com Charles Leclerc e Lewis Hamilton fazendo poles.

A ideia é que isso aconteça ainda neste ano. Porém, para que algo seja aprovado para a temporada corrente, é preciso uma “super maioria” na votação da Comissão da F1, algo que dificilmente ocorreria já que Red Bull e AlphaTauri votariam contra. Para o próximo ano, seria necessário apenas uma maioria simples, com cinco equipes a favor. Segundo dados do GP da Bélgica, a Red Bull ultrapassou dos 340 km/h na classificação da sexta-feira contra 337,3 km/h da Ferrari, que obteve a segunda maior velocidade de reta com o DRS acionado.

Fonte-Motorsport

Publicidade
Publicidade
Publicidade

Posts Relacionados

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *