Publicidade
Publicidade

André celebra chegada na Seleção: “Momento inexplicável”

Compartilhe este Post

Com apenas 21 anos, André recebeu a primeira convocação para representar seu país. Em entrevista coletiva ontem (20), o volante do Fluminense não escondeu o sentimento de felicidade de vestir a camisa da Seleção Brasileira e quer impressionar para ser chamado em outras oportunidades. “Estou vivendo um momento muito especial na minha carreira e na minha vida. Estou num processo de evolução no Fluminense, nossa equipe está crescendo cada vez mais, e isso influencia em eu estar aqui hoje. Estou vivendo um momento inexplicável. Se me pedirem para falar aqui, eu não vou conseguir explicar. É um momento de muita felicidade mesmo”, comemorou.

O Brasil começou ontem a preparação para o amistoso contra o Marrocos, no sábado (25), às 19 horas (horário de Brasília). A Seleção será comandada por Ramon Menezes, treinador da equipe campeã do Sul-Americano Sub-20 na Colômbia. Para o jogo, dez jogadores foram chamados pela primeira vez, sendo que cinco estiveram com Ramon na conquista do torneio sul-americano. “É o início de um novo projeto, com vários jogadores novos que vão dar a vida por se tratar do início para deixar uma boa impressão. Independentemente de quem vier, o Brasil tem jogadores com nível Europa. É focar nesse novo início e trabalhar ao máximo para chegar bem na Copa de 2026”, afirmou.

Primeiro volante no Fluminense, André é deslocado muitas vezes para a função de zagueiro durante as partidas e acredita que a versatilidade aumentou suas chances de ser convocado para a Seleção. “É muito importante o jogador fazer mais de uma função. Eu acho que a única posição em que eu não joguei foi de atacante. De resto, já joguei em todas as posições. Independentemente da posição em que o treinador me colocar, eu vou estar disposto. Sou um jogador de grupo e o que for preciso fazer para ajudar minha equipe, eu vou fazer”, ressaltou.

André terá a oportunidade de entrar em campo pela primeira vez com a Seleção no sábado, às 19 horas (Horário de Brasília), contra o Marrocos, em Tânger, no estádio Ibn Batouta. 

Fonte – CBF

Foto – Rafael Ribeiro / CBF

Publicidade
Publicidade
Publicidade

Posts Relacionados

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *