Publicidade
Publicidade

Tremendão perde a segunda seguida e precisa vencer clássico local

Compartilhe este Post

Com um gol de Caíque ao “apagar das luzes”, o Bahia venceu o Bahia de Feira na noite de ontem (29) na Arena Cajueiro pela terceira rodada do Campeonato Baiano. Foi a segunda derrota seguida do Tremendão que segue fora da “comissão de frente” e na obrigação de vencer o rival Fluminense, na próxima rodada para não se afastar muito da briga pela classificação para a fase semifinal da competição.

Visivelmente o Bahia de Feira ainda sentiu os efeitos do jogo com o Jacuipense no domingo anterior, que aconteceu debaixo de forte chuva e isso prejudicou o rendimento de alguns atletas. Apesar disso, a partida começou movimentada: aos quatro minutos, Gabriel Esteves recebeu passe na área e chutou para boa defesa de Jair, que mandou para escanteio. Na cobrança de Ramon, Anderson cabeceou e Jair voltou a defender.

O Bahia de Feira também tentou com Escuro aos 16. De longe, o camisa 22 do Tremendão mandou uma bomba de fora da área e o goleiro Matheus Claus encaixou. Com 23, foi a vez do Bahia arriscar de longe com Willean Lepo. No caso do lateral, a bola passou ao lado da meta. 

Quando o relógio marcava 30 minutos, o Tremendão teve uma grande chance. Jarbas levantou a bola na medida, Pedro cabeceou e a bola passou muito perto. Logo depois, o Bahia reagiu. Saldanha ficou de frente para o gol, mas finalizou em cima da defesa.

Aos 42, o Bahia de Feira voltou a assustar. Dentro da área, Neguinho driblou e teve o chute bloqueado pela defesa. Na cobrança do escanteio, a bola foi desviada para o meio da área, Capone chutou e Matheus Claus fez uma grande defesa.

SEGUNDO TEMPO

O início do segundo tempo foi marcado por uma chance perdida do Bahia. Aos quatro minutos, Saldanha recebeu lançamento e ficou de frente para Jair, mas fez feio na hora de tentar encobrir e botou pra fora. Um minuto depois, Esteve finalizou e Jair espalmou.

Aos dez minutos, do flanco esquerdo, Arthur Rezente bateu falta venenosa e a bola passou perto da meta. Na sequência, o Tricolor diminuiu o ritmo ofensivo e fiu o Bahia de Feira arriscar. De longe, Capone mandou uma bomba que assustou. 

O jogo, que era movimentado na primeira etapa, ficou pegado do meio para o fim da segunda etapa e as chances de gol diminuíram para os dois lados. Uma boa oportunidade só reapareceu aos 37 minutos, quando Gustavo acertou o travessão após receber cruzamento de Alesson. Aos 45, Régis, que entrou na segunda etapa, arriscou de fora da área, mas a bola foi rasteira e passou ao lado do gol. Com 49, Ramon bateu falta e quase acertou a rede.

No último minuto, Caíque recebeu dentro da área e levou a melhor contra dois zagueiros e bateu rasteiro, sem dar chances para Jair. Foi o golpe fatal do Esquadrão de Aço em plena Arena Cajueiro.

Bahia de Feira 0 x 1 BahiaCampeonato Baiano – 3ª rodada
Local: Arena Cajueiro, em Feira de Santana
Arbitragem:  Diego Pombo Lopez auxiliado por Alessandro Rocha Matos e José dos Santos Amador.

Cartões amarelos: Escuro, Diones e Alex Cazumba (Bahia de Feira) / Caíque (Bahia)

Gol: Caíque (Bahia)

Bahia de Feira: Jair (André Zuba); Escuro, Paulo Paraíba, Menezes e Cazumba; Capone, Diones, Jarbas e Pedro (Pelé); Fabrício (Léo Porto) e Deon. Técnico: Quintino Barbosa.

Bahia: Matheus Claus; Willean Lepo; Ignácio, Anderson e Mayk; Edson, Ramon e Arthur Rezende; Gustavo (Régis Tosatti), Gabriel Esteves (Alesson) e Saldanha (Caíque). Técnico: Dado Cavalcanti.

Foto- Ascom/BF

Publicidade
Publicidade
Publicidade

Posts Relacionados

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *