Publicidade
Publicidade

Prefeito admite que Feira pode ser subsede da Copa Nordeste

Compartilhe este Post

A prefeitura de Feira de Santana sinaliza positivamente quanto a possibilidade da cidade ser subsede da Copa Nordeste, que deve ser retomada ainda neste mês de julho. O prefeito de Salvador, ACM Neto, já havia acenado com a possibilidade de liberar a capital para a realização de partidas de futebol com portões fechados e em Feira de Santana, o prefeito Colbert Martins vem mantendo conversas com dirigentes do Bahia de Feira e da Federação Bahiana de Futebol para que a cidade seja liberada e abrigue jogos desta competição na Arena Cajueiro e no Estádio Joia da Princesa.

O presidente da Federação Bahiana de Futebol, Ricardo Lima, inicialmente manteve contato com Jodilton Souza, já que a Bahia sendo confirmada como sede, Salvador e Feira de Santana seriam subsedes da Copa Nordeste com partidas acontecendo no Joia da Princesa e na Arena Cajueiro (foto) em Feira, e em Salvador as partidas seriam no Barradão e no Estádio Metropolitano de Pituaçu.

O dirigente também esclareceu como será a realização dos jogos em se confirmando a Bahia como sede da Copa Nordeste. “Seriam jogos com portões fechados, ou seja, sem a presença de torcedores e seriam obedecidos a risca todos os protocolos de saúde, assim como está acontecendo no Rio de Janeiro, cujo Campeonato Carioca retornou na semana passada”,. disse Jodilton Souza.

Prefeito confirmou ter conversado com dirigentes do Bahia de Feira e da FBF

O prefeito Colbert Martins confirmou ter conversado com os dirigentes do Bahia de Feira, Jodilton e Thiago Souza. “Realmente, as conversas aconteceram com eles que informaram a situação e levantaram a possibilidade de Feira de Santana e especificamente o Joia da Princesa ser um dos estádios utilizados neste retorno da Copa Nordeste. É uma situação interessante e sinceramente não existe oposição nossa quanto a este pleito”, declarou.

Colbert Martins também disse ter conversado com o presidente da Federação Bahiana de Futebol, Ricardo Lima que reforçou a solicitação dos dirigentes. “Já estou vendo com o secretário Edson Borges (Cultura Esporte e Lazer) sobre esta questão porque a pouco tempo foi aberta uma licitação para que uma empresa seja habilitada a cuidar do gramado do Joia da Princesa. O processo foi finalizado ontem e tão logo saia o resultado daremos uma posição oficial, mas de antemão para a nossa cidade e interessante sim, ser uma das sedes da Copa Nordeste, não vejo problemas em ceder o estádio”, afirmou.

Por Cristiano Alves

Com informações do repórter Paulo José

Publicidade
Publicidade
Publicidade

Posts Relacionados

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *