Publicidade
Publicidade

Feirense caminha para posição de destaque no UFC

Compartilhe este Post

O lutador feirense Carlos “Boi” no último final de semana obteve seu terceiro triunfo seguido no UFC e caminha de forma consistente para ocupar posição de destaque na lista de preferência dos fãs brasileiros. No último sábado (12), ao abrir o card preliminar do UFC 263, o peso-pesado deu novo show de agressividade e entretenimento no octógono, desta vez contra o americano Jake Collier.

Com direito a seguidas provocações durante o combate, Carlos “Boi” caminhou para frente a todo momento e apostou em seu afiado boxe para pressionar e machucar o oponente, que ficou com poucas opções e teve seus chutes como principais armas. No entanto, apesar do domínio territorial, o atleta não convenceu todos os jurados de sua supremacia e acabou vencendo por decisão dividida, naquele que representou seu terceiro triunfo seguido no maior evento de MMA do mundo.

“Boi” deixou clara desde o início a sua intenção de protagonizar uma luta franca. Com sequências simples de ataques na curta distância, o peso-pesado dominou o primeiro round ao caminhar para frente o tempo todo e encurralar o americano contra a grade. Além disso, o brasileiro também levantou a plateia com suas provocações a cada golpe conectado por Jake Collier. Carlos ‘Boi’ 10 x 9 Jake Collier.

 Na segunda etapa, o brasileiro adotou a mesma estratégia e obrigou Collier a andar para trás e apostar em ataques de encontro, além de chutes que pareciam surpreender Boi. Após cinco minutos equilibrados, o americano garantiu vantagem mínima graças à contundência de seus golpes. Carlos ‘Boi’ 19 x 19 Jake Collier.

Com mais provocações, “Boi” procurou irritar o oponente para encurtar a distância e voltar a trabalhar na curta distância. De lá, socos no corpo e no rosto obrigaram Collier a apostar na contundência de suas mãos em busca de uma reviravolta – que não veio. Carlos ‘Boi’ 29 x 28.

Fonte –  Uol esportes

Foto – Divulgação

Publicidade

Posts Relacionados

27 respostas

  1. Pingback: yasam ayavefe
  2. Pingback: porn
  3. Pingback: child porn
  4. Pingback: child porn
  5. Pingback: jojobet
  6. Pingback: jojobet twitter
  7. Pingback: animal porn

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *